Lu TAF
O egoísmo pessoal, o comodismo, a falta de generosidade, as pequenas covardias do cotidiano, tudo isto contribui para essa perniciosa forma de cegueira mental que consiste em estar no mundo e não ver o mundo, ou só ver dele o que, em cada momento, for suscetível de servir os nossos interesses.
José Saramago (via oxigenio-dapalavra)
Eu quero fazer silêncio
Um silêncio tão doente
Do vizinho reclamar.
Chico Buarque.   (via oxigenio-dapalavra)
Por fora, já desistiu. Por dentro, sempre descobre alguma desculpa para recomeçar.
Carpinejar  (via cirandices)
Eu tentei

Eu tentei

Corpo e alma

umcontoextra:

Por vezes deixo-me ir… 
É como se a alma fosse 
E o corpo ficasse… 
Por vezes espero-te
Nesta esperança de não estar só! 
Sem medir a altura da queda, 
Acordo no fundo da manhã…
Vejo-me no reflexo da tristeza,
Sento-me nesta sombra 
Que cresceu no tempo 
E penso… e se o corpo 
Tivesse acompanhado a alma…?